Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sofia com fibra

Sofia com fibra

Desistir..... sim ou não?

 Como sabem ainda amamento e correr com as mamocas cheias não é a imagem mais poética.
 Pelo menos para mim. 
Então depois de ter deixado o filhote mais novo com a barriguinha cheia fui correr um bocadinho.
E hoje tive duas companhias de peso. 
Fui com o meu maridão e com o filhão mais velho que também quis vir durante um bocadinho, na sua bicicleta. 
O marido está claro tem muita pedalada e o filho pedalada tem. Depois sobro eu. Que não tenho pedalada nenhuma. 
Então ele passou os quase quatro quilômetros que fizemos sempre a incentivar-me. 
Mas e pernas?
Eu bem que queria, mas elas estavam muito preguiçosas hoje. E as dores nos joelhos não me queriam largar.
E porque o meu "treinador" não me deixava parar, a certa altura só pensava em desistir.  
Sim, desistir. 
Não sei porque carga de água estas coisas nos vêm à cabeça nestas alturas!
Depois pensas.... 
Mas por alma de quem, é que eu ando a correr? 
Porque é que me inscrevi na corrida? 
Será que estas dores são um aviso, para não o fazer? 
Mais valia estar quieta no meu cantinho porque já tenho idade para ter juízo! 

Depois vem a voz da razão e diz- te! 
Vais correr e pronto! 
Se as outras pessoas conseguem, tu também vais conseguir! 
Não vais desistir antes de tentar! 
Para vos ser franca tenho receio de fazer asneira. Mas não quero pensar muito nisso. Quero provar a mim mesma que sou capaz. De superar os meus medos e as minhas ansiedades. Não vale a pena sofrer antes do tempo.  
Devagar se vai ao longe e eu vou conseguir. 
Claro que vou! 

Sofia com fibra. 

Queres um conselho?

 
Querem um conselho? 
 
Depois de correr alonga sempre muito bem!
 
Depois de ter passado boa parte da tarde,  a ver o meu filho mais velho, a jogar futebol num torneio. 
E quase congelar de tanto frio que estava. Já nem sentia o rabo tal era o conforto da bancada de cimento.
Tinha levado uma muda de roupa, já pensando na possibilidade de vir para casa a correr e foi o que fiz. 
A quatro quilómetros de casa o maridão largou-me, tipo cãozinho abandonado e lá fui eu.
Não consegui fazer os 4 km sempre em corrida mas melhorei em relação ao anterior.
Cheguei a casa e fui engolida por afazeres.
Dar banho ao mais velho. 
Dar de mamar ao mais novo, que me esperava tranquilo, até ter lhe ter passado na frente e lhe ter accionado o sensor a leite.
Escusado será dizer que não se calou enquanto não lhe enfiei a mama na boca.
Depois entre banhos e jantar nunca mais me lembrei de alongar...
Ou seja! Hoje tenho um andar novo...
Hehehe 
 

Yehhh 3 km !!!!

Yehhhh?  

O filha não sejas tangas! 

A tua avó é mais rápida que tu e com a terceira perna para atrapalhar!
 
Vá! Ok.
Não me correu bem.
Fiz 3.200 km que não foram de todo em modo corrida.  

Mas o que interessa é que saí de casa e fui à luta. 
Virão dias piores, certamente que melhores, mas todos os dias são dias.
 
Beijinhos 

Sofia com fibra
 

1° corrida para "a corrida ".

Depois de deixar o mais velho na escola e o mais novo a dormir a sua primeira sesta do dia, decidi ir correr.
Vesti a minha roupinha de treino,  música nos ouvidos, programei a aplicação que regista a minha corrida e fui para a rua.
Estava um sol maravilhoso, a temperatura agradavel, tudo pretextos para ir até a esplanada virada para o mar.
Mas não. Teimosa que é teimosa não fraqueja!  Se sai para correr vai correr!  Que é isso!
E pronto lá fui eu correr com pouca vontade está visto. 
O cansaço estava cá e a dorzinha também deu o ar da sua graça,  logo não ajudou a desbloquear o sentido da esplanada na praia,  mas entre corrida e caminhada lá fiz 3 km que mais pareceram 30.
Sofia com fibra

Pág. 1/2